Voltar Publicada em 05/08/2022 | Urupá

FORAGIDO – Vereador presidente da Câmara de Urupá é procurado por crimes sexuais; ele fugiu para os Estados Unidos


 

Para entrar em nosso Grupo de Notícias do Facebook
CLIQUE NO GRUPO

A Polícia Civil no município de Urupá, após investigação pediu a prisão preventiva do presidente afastado da Câmara Municipal da cidade, o vereador João Batista de Oliveira, acusado de cometer crimes de importunação sexual, assédio sexual e estupro, contra servidoras municipais.

O vereador já estava afastado das funções desde o último dia 13 de julho, quando a Câmara instalou CPI para investigar seu presidente.

Segundo a Polícia, durante o curso da investigação, foram colhidos fartos elementos indiciários contra João Batista. Após saber que estava sendo investigado, antes mesmo de ser interrogado, o vereador fugiu, viajando para os Estados Unidos.

O delegado representou pela prisão preventiva, que foi deferida pela justiça. O vereador é considerado foragido. A Polícia Federal foi oficiada para que seja incluído o nome na lista de procurados da Interpol.

As investigações revelaram que o vereador utilizava o cargo e a posição hierárquica que ocupava para coagir suas vítimas, geralmente servidoras que exerciam cargo em comissão, na tentativa de obter favores sexuais.

Diante da resistência das vítimas, ele as ameaçava de demissão, passando a assediá-las moralmente.

A Polícia Civil divulgou os dados por ser considerando foragido da justiça, solicitando ajuda da população com informações que possam contribuir para sua localização e prisão.

As denúncias poderão ser feitas de forma anônima por meio dos telefones (69) 3413-2553 e disk denúncia 197.

Fonte: Rondoniagora

Fotógrafo: Rondoniagora

Para entrar em nosso Grupo de Notícias do WhatsApp - Facebook - Telegram
CLIQUE UM DOS GRUPOS