Voltar Publicada em 20/05/2022 | Acorizal

TRÁGICO – Casal de pecuaristas morre em acidente de Hilux e semirreboque que escapou de carreta na BR 364


 

Para entrar em nosso Grupo de Notícias do Facebook
CLIQUE NO GRUPO

Um gravíssimo acidente de trânsito, ocorrido na manhã de ontem, quinta-feira (19) vitimou o casal de pecuaristas Edelson Vilela da Silva, de 62 anos, e Mara Sílvia de Carvalho, de 59 anos, ambos moradores, em Rondonópolis (MT).

O carro que eles seguiam, uma caminhonete Toyota Hilux de cor branca, foi atingido em cheio por um semirreboque que se desprendeu da carreta.

O condutor da caminhonete morreu no momento do acidente e sua esposa, horas depois.

O acidente aconteceu na BR-364, a cerca de 15 quilômetros de Pedra Preta e, segundo informações repassadas por parentes e amigos das vítimas, o casal ia de Rondonópolis, para uma fazenda da família localizada no município vizinho, quando foi surpreendido pelo semirreboque carregado com adubo, que veio desgovernado na sua direção e acabou por colidir violentamente com a caminhonete em que eles seguiam.

As informações iniciais davam conta de que um pino que prendia o semirreboque à carreta que o transportava se soltou e ele se desprendeu da composição, acabando por colidir com a Hilux, que ficou completamente destruída e levando o motorista à morte no momento da colisão.

A passageira ficou presa nas ferragens e ainda foi retirada do veículo com vida, sendo imediatamente atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas assim que foi colocada na maca para receber os primeiros cuidados médicos, desfaleceu e em seguida morreu. Já o motorista da carreta não sofreu nenhum ferimento.

Edelson Vilela da Silva e Mara Sílvia de Carvalho eram pecuaristas e membros de famílias tradicionais da cidade de Rondonópolis.

Os seus corpos serão velados no Cemitério da Vila Aurora, mas até o fechamento dessa edição não havia informações a respeito da hora do enterro de ambos.

 CASAL QUE MORREU

Fonte: A Tribuna MT

Fotógrafo: A Tribuna MT

Para entrar em nosso Grupo de Notícias do WhatsApp - Facebook - Telegram
CLIQUE UM DOS GRUPOS