Voltar Publicada em 22/09/2020 | Porto Velho

11 escolas de ensino integral de Rondônia alcançam o primeiro lugar no ranking do Ideb na região Norte

Alejandro Yague é considerada pelo Ministério da Educação uma das escolas-padrão

 

Com o melhor resultado em notas e taxas de aprovação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) na região Norte, o Estado de Rondônia avança na qualidade em educação. Onze escolas estaduais de Ensino Médio em Tempo Integral de diferentes regiões, que adotaram o Programa Escola Novo Tempo, supervisionadas pela Gerência de Educação Básica e Sub-Gerência de Educação Integral da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), estão comemorando o sucesso de 2019.

O programa do Ministério da Educação atende atualmente a 18 escolas, sete delas só aderiram a ele em 2020, ano marcado pela pandemia mundial do coronavírus. As que se classificaram este ano já haviam obtido notas significativas em 2017, como informa a Diretoria Geral de Educação da Seduc. O Ideb é avaliado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Os estabelecimentos educacionais rondonienses classificados em 1º lugar foram: Escola Professor Alejandro Yague Mayo (Ji-Paraná), 6;  Cândido Portinari (Rolim de Moura), 5,7; Juscelino Kubitschek de Oliveira (Alta Floresta d’Oeste), e Capitão Sílvio de Farias (Jaru), ambas 5,5; Marechal Cordeiro de Farias (Pimenta  Bueno), 5; Sete de Setembro (Espigão d’Oeste), 5; Brasília (Porto Velho) e Josino Brito (Cacoal), ambas 4,9; Heitor Villa Lobos (Ariquemes), 4,8; Simon Bolívar (Guajará-Mirim), 4,5; e Marechal Rondon (Vilhena), 4,2.

Os resultados divulgados pelo Ministério da Educação na primeira quinzena do mês de setembro, apresentam os níveis de aprendizagem em Língua Portuguesa e Matemática do 3º ano do Ensino Médio, que surpreenderam, e da mesma forma, a taxa de aprovação nos demais anos escolares.

Desde 2005, quando foi criado o Ideb, os resultados apontam o Ensino Médio estadual com o melhor desempenho de todas as edições anteriores, evoluindo em 2019 no rendimento escolar e no desempenho da etapa, após anos em estabilidade. Na edição de 2017, o Estado possuía um Ideb de 4.0 no Ensino Médio, ficando em quinto lugar no cenário brasileiro. Nesta edição de 2019, o Estado obteve nota 4.3, faltando pouco para atingir a meta de 4.8 proposta pelo Inep.

Os resultados ampliam as possibilidades de mobilização da sociedade e do Poder Público em favor da educação, pois indicam a necessidade de melhorias no sistema, difundindo e valorizando a cultura do aprendizado.

 
 

Fonte: Secom – Governo de Rondônia

Fotógrafo: Divulgação

Para entrar em nosso Grupo de Notícias do WhatsApp 
CLIQUE UM DOS GRUPOS