Voltar Publicada em 12/01/2021 | Vilhena

PANDEMIA – Morre de Covid-19 irmã do ex-vice-prefeito de Vilhena

Débora Rosa Dias foi entubada no dia em que completava 52 anos de idade

 

Morreu em decorrência da covid-19 na noite desta segunda-feira, 11 de janeiro, a ex-servidora pública municipal Débora Rosa Dias, irmã do ex-vice-prefeito de Vilhena, Jacier Rosa Dias.

Segundo familiares, Débora Dias estava internada na Central de Atendimento à Covid-19 desde o dia 7 de janeiro. No dia 8, data em que comemorou 52 anos de idade, ela foi intubada. A morte foi confirmada às 23h30.

Débora Dias trabalhou em unidades de saúde da rede pública municipal por 15 anos e atuou como coordenadora da atenção básica do município.

Nas redes sociais, amigos e parentes lamentaram a morte: “Difícil acreditar que você se foi. Sentirei saudades do carrinho que a gente tinha. Dos puxões de orelha. Dos conselhos. Das nossas conversas até tarde na rua de casa”., escreveu Adriani Klainert. Débora Dias deixa três filhos e cinco netos.

O sepultamento ocorre hoje.

Morre de Covid-19 Débora Dias irmã do ex-vice-prefeito de Vilhena, Jacier  Dias - VILHENA NOTÍCIAS

Casos em Vilhena

Ontem, a Prefeitura de Vilhena divulgou a morte de cinco pacientes com covid-19. Com o falecimento de Débora Dias, registrado após o fechamento do boletim epidemiológico diário, sobe para 6 o número de óbitos registrados em 24h.

A cidade registra até esta segunda-feira (11): 5.606 casos confirmados de vilhenenses, nove positivados moradores de outras cidades, 84 óbitos de vilhenenses e 15 óbitos de moradores de fora. Há atualmente no município 885 casos ativos de moradores de Vilhena, 103 casos suspeitos, bem como 4.638 já recuperados e 16 transferidos.

A taxa de letalidade da pandemia em Vilhena é de 1,48%. No Estado a taxa ficou em 1,87%, no Brasil em 2,50%, na América do Sul em 2,69% e no mundo em 2,13%.

Há 32 pacientes internados com covid-19 em isolamento na Central de Atendimento à Covid-19 e Hospital Regional de Vilhena, sendo que 14 estão na UTI.

A taxa de ocupação de leitos para covid-19 é de 82,5% (sendo 93,3% na UTI e 76% nas Enfermarias).

Fonte: Vilhena Notícias

Fotógrafo: Divulgação

Para entrar em nosso Grupo de Notícias do WhatsApp 
CLIQUE UM DOS GRUPOS