Voltar Publicada em 09/06/2020 | Brasília

Beneficiários do auxílio emergencial que usam aplicativo relatam sumiço de dinheiro

Beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600 que utilizaram o aplicativo Caixa Tem para pagar boletos relatam que o dinheiro

Beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600, que usaram o aplicativo "Caixa Tem" para pagar boletos, relatam que o dinheiro está sumindo da conta sem que o pagamento seja concluído.Pandemia, desemprego. A única fonte de renda é o auxílio emergencial de R$ 600. A vida da técnica de enfermagem Joseane Santos Lima Marques já estava difícil e piorou. No dia 22 de maio, ela usou o aplicativo Caixa Tem, que dá acesso à conta eletrônica criada pela Caixa para depositar o benefício. Joseane tentou pagar uma fatura de cartão de crédito no valor de R$ 400. Ao terminar a transação, apareceu esta mensagem no aplicativo: "Desculpe, ocorreu um problema ao efetivar o pagamento do seu boleto”. O extrato mostra que os R$ 400 saíram da conta. Mas, segundo Joseane, a fatura do cartão de crédito continua aberta.

“Nessa pandemia que a gente está passando aí só tem esse dinheiro, porque a gente não está trabalhando, só tem esse dinheiro para poder cumprir as nossas necessidades de comer, de pagar quanto está devendo, para o nome não sujar, essas coisas. Eu fiquei desesperada aqui ligando para Caixa, indo na agência e ninguém sabia informar nada”, conta. O aplicativo Caixa Tem funciona como o aplicativo de qualquer outro banco. Por ele, a pessoa que recebe o auxílio emergencial pode consultar saldo, extrato, fazer transferências e pagamentos. 

O caso da Joseane não é único. Os relatos de pessoas que tentaram pagar boletos pelo Caixa Tem e que estão no prejuízo chegam de várias partes do Brasil. E para muita gente o dinheiro some e o que aparece depois é um constrangimento enorme. A lavadora Alexandra Fonseca Cedro está no maior aperto. Um amigo, trabalhador rural, mora numa área sem internet. Pediu para ela acessar o Caixa Tem dele e pagar o boleto de um banco, no valor de R$ 400.

“Não gerou o comprovante, até hoje o valor não foi estornado e nem foi compensado o boleto”, conta.

Ela, que também está desempregada, disse que participa de um grupo de mensagens que tem mais de 250 pessoas na mesma situação. Ela tirou R$ 400 do próprio bolso para pagar o amigo. “Eu conversei com ele, ele entendeu, só que, como era a minha responsabilidade, eu paguei para ele”, explica. A prestação de contas da doméstica Géssica Alencar Faria, de Canarana, na Bahia é com a sogra. Ela pagou o boleto de um banco digital pelo Caixa Tem para dona Adijaci. A mensagem de erro no sistema também apareceu.

“Simplesmente sumiram os R$ 600. Eu voltei para o Caixa Tem e estava zerado”, conta. Isso aconteceu 15 dias atrás. Até agora, nada de solução. “Muito revoltada. Ninguém consegue dizer o que aconteceu com esse dinheiro”, lamenta. A Caixa confirmou a falha. Afirmou que atingiu 0,1% dos boletos pagos no "Caixa Tem". Segundo o banco, a situação está resolvida e todos os clientes afetados vão ser ressarcidos.

Fonte: G1

Fotógrafo: Divulgação