Voltar Publicada em 02/09/2021 | Porto Velho

CRESCIMENTO – Dados mostram aumento de 178% nas mortes violentas em Rondônia por motivos fúteis


 

Para entrar em nosso Grupo de Notícias do Facebook
CLIQUE NO GRUPO

O número de Mortes Violentas por Causa Indeterminada (MVCI) no Brasil aumentou, segundo o Atlas da Violência 2021, divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública nesta terça-feira (31). Nos últimos dois anos, o número de pessoas passou de 12.310 para 16.648.

Rio de Janeiro (232 por cento), Acre (185 por cento) e Rondônia tiveram as taxas mais altas de mortes violentas por motivos inexplicáveis (178 por cento).

Todos os estados tiveram queda nas taxas de homicídio total, com exceção do Amazonas, que teve um aumento de 1,6%. Em 2018, ocorreram 57.956 homicídios no Brasil.

Em 2019, o número havia reduzido para 45.503, uma redução de 21,5%. A queda na taxa de homicídios de 2014 a 2019 é muito maior: 24,8%.

No Atlas da Violência são utilizados o Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) e o Sistema de Informações sobre Agravos de Notificação (Sinan) do sistema do Ministério da Saúde. As informações mais atualizadas são de 2019.

Redução

De acordo com o relatório, o Ceará foi a unidade federativa com a maior queda na taxa de homicídios de 2018 para 2019: -51 por cento.

Roraima (46,2 por cento) e Rio de Janeiro (45,3 por cento) ficaram em segundo e terceiro lugar, respectivamente, de 2018 a 2019.

Fonte: Mix Rondônia / OportalRO.com

Fotógrafo: Divulgação

Para entrar em nosso Grupo de Notícias do WhatsApp - Facebook - Telegram
CLIQUE UM DOS GRUPOS