Voltar Publicada em 14/01/2021 | Vilhena

DNIT – Em Vilhena, radares eletrônicos começam a ser instalados

O limite de velocidade nos pontos fiscalizados será de 50 km/h

 

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informou hoje que 58 radares eletrônicos serão instalados em rodovias federais de Rondônia. O objetivo é a fiscalização de velocidade em trechos considerados críticos.

Em Vilhena, na BR-364, altura do rio Piracolino na saída para Porto Velho, radares eletrônicos fixos estão em fase de instalação e a previsão de funcionamento é para março. Também serão instalados radares fixos no sentido Cuiabá.

O limite de velocidade nos pontos fiscalizados será de 50 km/h.

Excesso de velocidade dá multa e pode suspender CNH

Quanto mais acima da velocidade máxima o condutor ultrapassar, mais pesadas serão as consequências da multa. O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabelece 3 tipos de infrações que poderão ser registradas: quando o condutor ultrapassa a máxima permitida em até 20%, quando ele ultrapassa entre 20 e 50%, ou quando a velocidade ultrapassa a máxima em mais de 50% do limite permitido.

– até 20% acima da máxima: infração média, punida com multa no valor de R$ 130,16 e a soma de 4 pontos à CNH; – entre 20 e 50% superior à máxima permitida: infração grave, punida com multa no valor de R$ 195,23 e 5 pontos à CNH; – acima de 50% da máxima: infração gravíssima, com multa multiplicada 3 vezes (R$ 880,41) e a suspensão do direito de dirigir.

Quando o condutor ultrapassar a velocidade máxima permitida em mais de 50%, portanto, ele poderá ter a sua habilitação suspensa. Nesse caso, o tempo de suspensão estipulado poderá variar de 2 a 8 meses. Para a decisão, o órgão avaliará, pelo menos, a gravidade da conduta, a circunstância do ocorrido e o histórico do condutor.

Fonte: Vilhena Notícias

Fotógrafo: Divulgação

Para entrar em nosso Grupo de Notícias do WhatsApp 
CLIQUE UM DOS GRUPOS