Voltar Publicada em 10/09/2022 | Porto Velho

PATRIMÔNIO – Candidatos ao Governo de Rondônia têm mais de R$ 15 milhões em bens


Para entrar em nosso Grupo de Notícias do Facebook
CLIQUE NO GRUPO

Os candidatos ao Governo do Estado. Por isso, o jornal eletrônico resolveu verificar quem divulgou a lista de bens e qual o tamanho do patrimônio daqueles que querem comandar Rondônia pelos próximos quatro anos.

Nomes

- O comendador Val Queiroz (Agir) declarou patrimônio de R$ 3.160.000,00, sendo um veículo no valor de R$ 90 mil, um lote rural (R$ 350.000,00), uma empresa (R$ 2.000.000,00), uma casa (R$ 320.000,00) e mais um terreno na zona rural (R$ 400.000,00).

 

- O governador Marcos Rocha (União Brasil) disse ter R$ 1.010.000,00 em bens, sendo quatro terrenos de diversos valores: R$ 380.000,00, R$ 80.000,00, R$ 470.000,00 e R$ 80.000,00.

 

- O ex-governador Daniel Pereira (Solidariedade) é o que tem maior patrimônio, porém a maioria dos bens no interior do estado: R$ 6.600.000,00.

Pereira declarou ter um terreno urbano em Cerejeiras (R$ 100.000,00), uma área rural em Pimenteiras (R$ 2.000.000,00), uma segunda área na mesma cidade (R$ 2.000.000,00), um apartamento em Porto Velho (avaliado em R$ 400.000,00), um imóvel rural ainda em Pimenteiras (R$ 2.000.000,00) e um segundo terreno em Cerejeiras (R$ 100.000,00).

 

- Léo Moraes (Podemos) tem bens avaliados em R$ 1.983.172,03, dividido entre imóveis, participações em empresas e aplicações: terreno em Porto Velho (R$ 372.000,00), investimentos em ações (R$ 40.000,00), crédito decorrente de empréstimo (R$ 736.000,00), valor em Conta corrente/conta poupança (R$ 172.000,00).

Ainda há um apartamento na capital (R$ 200.000,00), sala comercial no Centro de Porto Velho (R$ 36.444,23), participação em empresa (R$ 266.667,00), uma segunda participação em empresa R$ 64.500,00) e uma nova aplicação em investimentos (R$95.560,80).

 

- O senador Marcos Rogério (PL) apresentou lista ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com bens nos valores de R$ 2.327.000,00, sendo uma caminhonete importada (R$ 185.000,00), uma área de 68 alqueires em Vale do Paraíso (R$1.400.000,00), um apartamento em Porto Velho (R$ 580.000,00) e uma aplicação de renda fixa (R$162.000,00).

 

- Pimenta de Rondônia é teoricamente o mais “pobre”, onde divulgou que tem apenas “hotel alocado”, no valor de 120 mil reais.

Crescimento

Em comparação com 2018, quando era candidato ao Senado e deputado federal, Marcos Rogério teve crescimento de mais de 1 milhão de reais no patrimônio, já que à época tinha “apenas” R$ 1.301.704,58 em bens, conforme o DivulgaCand no mesmo ano.

Bens do senador Marcos Rogério em 2018

Quem também aumentou os bens foi o governador Marcos Rocha, passando de R$ 281.000,00 para os atuais R$ 1.010.000,00. 

Bens do governador Marcos Rocha em 2018

Léo Moraes também aumentou os bens, saltando de R$ 964.403,15 em 2018 para os atuais R$ 1.983.172,03.

Patrimônio de Léo Moraes em 2018

O único que não teve mudança no patrimônio foi Pimenta de Rondônia: continua com os mesmos 120 mil reais em bens. 

Bens Pimenta de Rondônia em 2018

Daniel Pereira não aparece nesta lista, pois não concorreu a nenhum cargo naquela eleição, já que era governador de Rondônia, onde assumiu após a renúncia de Confúcio Moura (MDB) para concorrer ao Senado Federal.

Fonte: Rondoniaovivo

Fotógrafo: Rondoniaovivo

Para entrar em nosso Grupo de Notícias do WhatsApp - Facebook - Telegram
CLIQUE UM DOS GRUPOS