Voltar Publicada em 27/08/2021 | Porto Velho

JOGADA NO MATO – Em Rondônia, Polícia Militar encontra arma de sargento morto em assalto


 

Para entrar em nosso Grupo de Notícias do Facebook
CLIQUE NO GRUPO

A Polícia Militar localizou e aprendeu a arma do sargento da reserva Carlos Alberto Magalhães, de 54 anos, morto com um tiro na cabeça, durante roubo em um restaurante, na Rua Geraldo Siqueira, Bairro Caladinho, em Porto Velho (RO).

De acordo com informações apuradas pelo jornal, a pistola do sargento foi encontrada nesta quinta-feira (26), jogada na mata, e enrolada em um pano, na Estrada da Penal.

No dia do crime, após várias diligências, policiais da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio de Porto Velho, e Polícia Militar, prenderam casal José Hugo Vieira dos Santos e Vanessa Cacela de Souza, suspeitos de participação na morte do sargento.

Na delegacia, Vanessa confessou ter participação no roubo, já o esposo dela, negou.

O crime

De acordo com o delegado Francisco Borges, a vítima estava dentro do restaurante, quando foi abordada por um dos criminosos que chegou em um carro.

O bandido anunciou o assalto, e entrou em luta corporal com o sargento. Em seguida o policial militar foi atingido com um tiro na cabeça. O criminoso fugiu levando a arma do sargento.

Os policiais descobriram que Vanessa foi à pessoa responsável por dirigir o carro, dando o apoio necessário para a prática do crime. “Nós estamos trabalhando para saber se existe o envolvimento de outras pessoas no assassinato”, disse Francisco Borges.

O casal foi abordado com o veículo usado no crime, se deslocando para a casa de um dos dois. “Analisando o contexto, provavelmente eles sabiam que a vítima era policial militar”, explicou o delegado.

Na delegacia, um dos presos acabou confessando ter participação no crime. O segundo envolvido nega ter participado do latrocínio, segundo a Polícia.

Presos, eles foram encaminhados para o sistema prisional, onde ficaram à disposição da justiça.

Fonte: Rondônia Agora / OportalRO.com

Fotógrafo: Divulgação

Para entrar em nosso Grupo de Notícias do WhatsApp - Facebook - Telegram
CLIQUE UM DOS GRUPOS