Voltar Publicada em 02/01/2021 | Brasília

NOTÍCIA BOA – Fiocruz quer começar vacinação ainda em janeiro


 

A fundação Oswaldo Cruz, a Fiocruz, prepara uma estratégia para antecipar a campanha de vacinação contra a covid-19 para Janeiro.

De acordo com o Ministério da Saúde, a previsão envolve o início da imunização contra a doença em fevereiro, como o produto desenvolvido pela universidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca.

Segundo um pedido do presidente em exercício da fundação, Mário Santos Moreira, endereçado ao presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, Antônio Barra Torres, a Fiocruz solicitou a importação de dois milhões de doses da vacina, produzida na Índia, para antecipar o cronograma.

De acordo com Victor Irajá e Felipe Mendes, do Radar Econômico da revista Veja, a solicitação argumenta o seguinte:

“Considerando o grave quadro sanitário imposto pela pandemia e seus efeitos negativos em diversas áreas, sobretudo na aceleração do número de mortes associadas à covid-19, a Fiocruz vem explorando outras frentes que permitam antecipar a disponibilidade de vacinas.

A possibilidade de antecipação do início da vacinação pode, concretamente, reduzir os números de mortes. Essas tratativas lograram êxito e teremos à disposição o quantitativo de dois milhões de doses a serem entregues em Janeiro”.

As vacinas serão fornecidas pelo Serum Institute of Índia, parceiro tecnológico da Fiocruz, fornecedor do programa nacional de imunização.

A estratégia envolve a importação de ao menos de 20 milhões de doses do imunizante, que devem chegar ao país nas próximas semanas.

Pascal Claude Roland Soriot, diretor-presidente da multinacional farmacêutica AstraZeneca

 

 

Fonte: URBS

Fotógrafo: Divulgação

Para entrar em nosso Grupo de Notícias do WhatsApp 
CLIQUE UM DOS GRUPOS