Notícia publicada em 11/10/18 - 07:01 | Política | Brasil
Daciolo não apoiará Bolsonaro nem Haddad: aliança 'é com Jesus'
Disputando a Presidência da República pela primeira vez, Daciolo informou que a aliança dele "é com Jesus".
Reprodução/G1
G1

Candidato pelo Patriota anunciou decisão nesta quarta-feira (10). No primeiro turno, ele recebeu 1,3 milhão de votos (1,2%) e ficou conhecido por usar a expressão 'Glória a Deus' nos debates.



Sexto colocado no primeiro turno da eleição presidencial, o deputado Cabo Daciolo (Patriota) anunciou nesta quarta-feira (10) que não apoiará Jair Bolsonaro (PSL) nem Fernando Haddad (PT) no segundo turno.



Disputando a Presidência da República pela primeira vez, Daciolo informou que a aliança dele "é com Jesus".




Ele recebeu 1,3 milhão de votos (1,2%) e ficou conhecido por utilizar com frequência a expressão "Glória a Deus" nos debates.



"Nós não nos unimos com o menos pior. Daciolo não tem no vocabulário dele o 'menos pior'. A aliança de Cabo Daciolo e de Suelene Balduino [candidata a vice] é com Jesus Cristo, com o amor. Não pregando religião, pregando o amor, tratar o próximo da maneira que nós gostaríamos de ser tratados", disse o deputado.



Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Daciolo gastou R$ 808,92 na campanha deste ano e ficou à frente, por exemplo, de Henrique Meirelles (MDB), que gastou R$ 54 milhões.



Daciolo também ficou à frente de Marina Silva (Rede) e Alvaro Dias (Podemos), que apareciam na frente dele nas pesquisas de intenção de voto.






Mais fotos
Foto 2
Ampliar
Foto 2
Ampliar
       
Comentários

 

Imprimir

 

Calendário

TV Online

Rádio Rondônia

Rádio Esperança

Publicidade

Facebook

Todos direitos reservados a O Portal RODesevolvimento de Websites