Notícia publicada em 16/07/18 - 09:28 | Política | Porto Velho
Deputado Léo Moraes reclama que ninguém quer ele
Para ser candidato a deputado federal, Léo Moraes precisa fechar uma coligação que possibilite atingir o coeficiente eleitoral
Divulgação

Assessoria


O deputado estadual Léo Moraes, presidente regional do Podemos, queixou-se no Facebook que nenhum outro partido quer coligar com o seu para a disputa eleitoral deste ano. Segundo o parlamentar, os partidos estão fechando as portas para impedir coligações com o Podemos devido ao receio de fortalecer seu nome. Para ser candidato a deputado federal, Léo Moraes precisa fechar uma coligação que possibilite atingir o coeficiente eleitoral, ou seja, os partidos que integrarem esta possível aliança teriam de obter, no mínimo,  110 mil votos ( tendo como base a última eleição) para poder ter a chance de mandar um federal para Brasília, no caso, o próprio  Léo Moraes.




Ocorre que as lideranças políticas que encabeçam os demais partidos temem justamente isto, que uma aliança com Léo Moraes possibilite a vitória do parlamentar estadual, deixando-as de fora da Câmara. No caso, estas lideranças seriam apenas “escadinhas” para o presidente do Podemos. Seus votos serviriam para eleger Léo Moraes. Na eleição de 2004, quem enfrentou situação semelhante foi o ex-vereador Guilherme Erse Moreira Mendes, então filiado ao PL, presidido pelo pai de Léo, o ex-deputado  Paulo Moraes, já falecido. Naquela  época,  Guilherme disputaria a reeleição, mas Paulo Moraes o deixou de fora da nominata receando que este tivesse mais votos do que a mãe de Léo Moraes, a então vereadora Sandra Moraes, que se reelegeu. Guilherme ficou de fora da disputa.


 


CANDIDATO A VICE-GOVERNADOR




Com dificuldade de formar alianças, Léo pode ser candidato à reeleição, mas alguns partidos vêm nele o candidato ideal a vice-governador. O PSDB de Expedito Júnior é uma destas legendas que cortejam o parlamentar para que este saia como candidato a vice na chapa encabeçada pelo tucano. Outro que também gostaria de tê-lo como vice é o pré-candidato do MDB ao Governo, deputado estadual Maurão de Carvalho.




O senador Acir Gurgacz, do PDT, que também se apresenta como pré-candidato ao Governo,  gostaria de ter Léo Moraes como vice. Léo Moraes teve 79 mil votos para a  Prefeitura de Porto Velho na eleição de 2016, perdendo no segundo turno para o então candidato Hildon Chaves (PSDB), que obteve mais de 148 mil votos.


       
Comentários

 

Imprimir

 

Calendário

TV Online

Rádio Rondônia

Rádio Esperança

Publicidade

Facebook

Todos direitos reservados a O Portal RODesevolvimento de Websites