Notícia publicada em 18/04/18 - 11:40 | Polícia | Ji-paraná
Câmara aceita afastamento de vereador assassino
O crime aconteceu em 10 de fevereiro e o vereador chegou a fugir, mas acabou se entregando cinco dias depois
Rondoniagora

Rondoniagora


Por 9 votos a 3, a Câmara Municipal de Ji-Paraná aprovou nesta terça-feira (17), o pedido de afastamento de mandato do vereador Clodoaldo Vieira de Jesus (PR), preso pelo assassinato de Paulo Máximo Alves Pereira, atingido por um tiro no peito e outro na cabeça. O crime aconteceu em 10 de fevereiro e o vereador chegou a fugir, mas acabou se entregando cinco dias depois. 


 


De acordo com o presidente da Câmara, Affonso Cândido, o regimento interno prevê o afastamento do mandato de vereador por até 120 dias, sem remuneração, para tratar de interesses particulares. “O vereador não perde o mandato por causa do pedido de licença”, esclareceu.

Com o afastamento de Clodoaldo Cardoso, a CMJP deve dar posse ao 1º suplente da coligação Beto (Gilberto) Wosniach (PR), que nas eleições municipais de 2016 obteve 716 votos.


       
Comentários

 

Imprimir

 

Calendário

TV Online

Rádio Rondônia

Rádio Esperança

Publicidade

Facebook

Todos direitos reservados a O Portal RODesevolvimento de Websites