Notícia publicada em 12/03/18 - 12:20 | Municípios | Vale do Paraíso
Charles Gomes participa da adesão da Internet
O presidente da República, Michel Temer, e o ministro Gilberto Kassab assinarão os documentos com mais de dois mil prefeitos de todo o país
Alexandre Araújo

Alexandre Araújo


O prefeito do município de Vale do Paraíso Charles Gomes Pinheiro (PSDB), participará, em Brasília, da solenidade de assinatura do termo de adesão ao programa ‘Internet para Todos’ entre municípios mato-grossenses e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). O presidente da República, Michel Temer, e o ministro Gilberto Kassab assinarão os documentos com mais de dois mil prefeitos de todo o país. A cerimônia será realizada no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), às 15h. De acordo com o MCTIC, o programa já conta com 2.260 cidades prontas para assinar o termo de adesão. O número de municípios habilitados pode ser acrescido em mais de 330 já que 2.593 municípios manifestaram interesse em participar do programa. A ação visa levar conectividade às localidades que ainda não têm acesso à internet ou contam com o serviço ineficaz. Cerca de 40 mil localidades devem ser beneficiadas pelo programa do governo federal.

O prefeito Charles Gomes bem articulado politicamente disse que o município de Vale do Paraíso através de uma competente equipe de trabalho já concluiu o cadastro, sendo que está apto a assinar o termo de adesão com o MCTIC. “É uma grande oportunidade para o nosso estado de Rondônia em especial Vale do Paraíso que precisa avançar muito na área de tecnologia da informação e comunicação. Além do ganho econômico, que garantirá emprego e renda para a população, o programa tem um cunho social muito importante, abrindo um leque de oportunidades de conhecimento e qualificação para os munícipes”, disse otimista o prefeito. Da região central ficou de fora os municípios de Ouro Preto do Oeste por não ter concluído o cadastro em tempo e Teixeirópolis e quem sai perdendo a população por culpa de ter administradores sem compromisso com seu povo.

O termo de adesão que será assinado pelos prefeitos define a infraestrutura básica e as condições para a participação dos municípios. As prefeituras devem indicar onde as antenas serão instaladas para distribuição do sinal de internet. Também será de responsabilidade dos municípios garantir a segurança da área e arcar com as despesas de energia elétrica. Os municípios beneficiados nesta primeira fase do Internet para Todos começarão a receber as antenas no mês de maio e a expectativa é que sejam instaladas 200 antenas diariamente. A operação será feita pela empresa Viasat, dos Estados Unidos, que foi contratada pela Telebras. O programa possibilitará aos usuários conexão em banda larga a preços reduzidos. Além dos convênios com as prefeituras, o MCTIC já firmou parcerias com o Ministério da Defesa, para garantir o monitoramento de 100% das fronteiras brasileiras, ampliando as ações de combate ao tráfico de armas e drogas; com o Ministério da Educação, para levar banda larga para todas as escolas públicas do país, sendo que 7 mil serão beneficiadas já em 2018; e com o Ministério da Saúde, para implantar internet em hospitais e postos de saúde, melhorando a gestão pública e a qualidade dos serviços prestados à população.

A conexão de internet será feita por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), de propriedade do governo brasileiro e que recebeu cerca de R$ 3 bilhões em investimentos. Em órbita desde maio de 2017, o satélite tem vida útil de 18 anos.


       
Comentários

 

Imprimir

 

Calendário

TV Online

Rádio Rondônia

Rádio Esperança

Publicidade

Facebook

Todos direitos reservados a O Portal RODesevolvimento de Websites