Notícia publicada em 13/12/17 - 09:29 | Esportes | Porto Velho
Bolsa de R$ 610 beneficiará atletas de RO durante um ano
Serão 12 parcelas para atletas residentes em Rondônia filiados às federações esportivas que tenham êxitos em competições oficiais
Maximus Vargas

Maximus Vargas


Humberto Viana Silva, 60 anos, é atleta de atletismo há décadas. Foi campeão dos Jogos Universitários Brasileiros e campeão dos Jogos Intermunicipais de Rondônia (JIR). O inicio das atividades para ele, se deu no segundo grau e assim foi atleta representante do exército e da faculdade onde estudava educação física. Hoje formado, Humberto treina os filhos Amando Viana e Guilherme Viana, todos adepto do atletismo. Os filhos de Humberto estão entre os 30 atletas que vão receber do Governo de Rondônia o valor de R$ 610,90. O recurso será destinado aos atletas por meio do Programa Bolsa Atleta, da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel). O benefício começará a ser pago em fevereiro de 2018.




A Bolsa é um auxílio que cada atleta vai usufruir durante um ano. Serão 12 parcelas para atletas residentes em Rondônia filiados às federações esportivas que tenham êxitos em competições oficiais e que tenham de 12 a 28 anos. Humberto é medalha de prata Sul-Americano Master de Atletismo no Chile, pela idade não pode receber a bolsa. Mas seus filhos que treinam com o pai na Escola Marcelo Cândia receberão. “Já recebi apoio do Governo do Estado, assim como da Prefeitura de Porto Velho, e hoje ver meus filhos receber essa ajuda nós vamos poder adquirir equipamentos que muitas vezes nos faltaram”. Segundo Humberto, em determinado tempo, os próprios atletas tiveram que comprar equipamentos como dardo, sapatilha e utensílios que ajudam os atletas nas competições.




Guilherme Viana tem 15 anos e pratica o salto em altura. Em 2016, o atleta ficou em terceiro lugar nos Jogos Escolares da Juventude. No ano de 2017, o atleta quis apenas aperfeiçoar suas técnicas para as outras competições, o que trouxe pódio para as competições no campeonato de atletismo sub-16.




“Com as dificuldades financeiras teve muitas competições que não tivemos oportunidades de competir. Teve competições fora do estado que não tínhamos um tênis de qualidade ou uma sapatilha de qualidade” fala Guilherme. Para o atleta, a Bolsa no valor de mais de R$ 600 vai oportunizar competições que jamais pensaram em participar. “Esse incentivo é uma valorização do esporte que muitos atletas sonham”, aponta Guilherme.


       
Comentários

 

Imprimir

 

Calendário

TV Online

Rádio Rondônia

Rádio Esperança

Publicidade

Facebook

Todos direitos reservados a O Portal RODesevolvimento de Websites